quinta-feira, 10 de julho de 2014

Brasil - Alemanha em Cartoons!


VERGONHA, PESADELO, VEXAME, HUMILHAÇÃO...Foram fortes as palavras que encheram os principais jornais brasileiros e mundiais na ressaca da goleada histórica de 7-1 sofrida pela canarinha frente à armada germânica.

Num estádio do Mineirão completamente lotado em Belo Horizonte, o desnorte da selecção de Scolari (o principal visado) foi total...Entre os 23 e os 29 minutos foram 4 os golos sofridos pelo Brasil, isto após o golo inaugural logo aos 11 minutos marcado pelo inevitável Muller.


As ausências de Neymar e Tiago Silva não desculpam tão penosa exibição de uma equipa sem garra, sem ideias, sem organização, sem maturidade...Onze garotos que pensaram bastar-se de uma qualquer graça divina para vencer a Copa em casa já que ao longo da prova pareceu ter sido sempre mais sorte do que mérito na chegada às meias-finais. Exceptua-se, curiosamente, o jogo dos quartos contra a Colômbia de James Rodriguez, teoricamente o mais difícil antes do encontro com a poderosa selecção germânica.


O único "mérito" da derrota com a Alemanha foi afastar da memória colectiva o espectro do Maracanazo que perdurava há décadaS...Afinal quem se vai lembrar de uma derrota "mixuruca" por 2-1 contra o Uruguai na distante final da Copa de 1950 depois de tão pesada humilhação infligida pela selecção alemã? “O Maracanazo vira fichinha e literalmente é coisa do passado...”, escreveu o reputado jornal Lance.

A bandeira tricolor e o Cristo redentor foram alvos predilectos da bem-humorada (e em parte mordaz) crítica presente nas dezenas de cartoons que inundaram as redes sociais após o jogo. O pontapé de saída foi dado aliás pela dupla Nuno Markl / Vasco Palmeirim quando o pesadelo ainda ia a meio, ilustrando um desesperado Cristo Redentor…





 

 




Sem comentários:

Publicar um comentário