domingo, 17 de março de 2013

As Mulheres e o Futebol


O futebol deixou há muito de ser um feudo só de homens. Há cada vez mais mulheres apaixonadas pelo desporto-rei, sendo fanáticas no apoio às suas equipas e mesmo no prazer por jogar à bola.

Aquela máxima sexista, muito pronuncianda pelos comentadores, do “colorido das caras bonitas nos estádios”, é visão por demais simplista e quiçá ofensiva pela forma como muitas mulheres vibram, emocionam-se e discutem as incidências do jogo.

Posto isto, e como nem todos têm de gostar de futebol, é hilariante e por vezes motivo de pequenas tensões quando vivemos com alguém que não entende a paixão que temos pelo jogo, a dedicação que temos por uma equipa, pela selecção.

Não me considero um fanático mas sou um ferrenho adepto do Benfica e gosto de ver um bom jogo de futebol. 

Quando joga o meu clube ou a equipa nacional é ver-me esbracejar, reclamar com os jogadores no estádio ou pior do outro lado do ecrã…sim é verdade quantas vezes fazemos isto! 


Emociono-me, zango-me, grito quando marcamos um golo…e de vez em quando lá sai um palavrãozito no calor do momento.

Para quem está por fora, são os tais “22 maluquinhos a correr atrás de uma bola”. Mais divertido, porém, é ouvir frases como “nem pareces o mesmo quando estás a ver futebol” ou “bolas, assustaste-me!” (reacção ao nosso vibrar com um golo).

A que mais adoro, o “supra-sumo” das críticas é “uma pessoa culta como tu a ficar chateada por causa de um jogo de futebol, realmente!”… Hilariante!

No meu caso há outra paixão desportiva que gera alguma incompreensão, a Fórmula 1, um desporto que acompanho desde os primeiros anos de vida…mas isso fica para outro artigo ;)

Agora passo a palavra às mulheres, àquelas que vibram com o futebol.


Quantas de vocês se deparam com o fenómeno contrário? Ou seja quantas de vocês são as que “vivem” o futebol cujas respectivas caras-metades não entendem a paixão? Quais as picardias mais divertidas ou “recados” que geralmente ouvem?
 

Sem comentários:

Publicar um comentário