sábado, 12 de janeiro de 2013

Kate...Middleton?!



Este é o controverso e desolador resultado do primeiro retrato oficial de Kate Middleton, a Duquesa de Cambridge, da autoria de Paul Emsley, em que a bela e jovial princesa mais parece uma entradota senhora com saudades de tempos áureos.


É verdade que a beleza não prima em Terras de Sua Majestade, sendo a família real disso (em regra) um bom exemplo. Será que foi por compaixão / solidariedade que Paul Emsley decidiu retratar de tão funesta forma a bonita Catherine ou terão sido mesmo ordens da Casa Real para que a imagem não destoe em muito da Real fealdade?


A chuva de críticas não se tem feito esperar, pelo que o trabalho de Emsley tem sido alvo dos mais duros reparos:


O Daily Telegraph, por exemplo, escreve que a Duquesa de Cambridge "É conhecida pela sua energia juvenil, mas o retrato mostra uma Kate mais madura".


Já o The Guardian vai bem mais longe, sendo que a sua especialista em arte decidiu fazer uma cruel analogia, titulando o artigo de “Kate’s Portrait – Straight from the Twilight Franchise” (A popular saga sobre vampiros “Crepúsculo”). “A primeira coisa que chama a atenção no rosto de Middleton, à medida que emerge da aura sepulcral do seu primeiro retrato oficial, são os olhos mortos", remata a autora.


E vocês o que acham?

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Como é possível que uma das mulheres mais bonitas, senão mesmo a mais bonita, que passou pela casa real inglesa seja retratada de forma a parecer ter mais 20 ou 30 anos?!

    O retrato mais parece um cartoon em que Kate Middleton aparece de pele baça, olhos sem brilho e com papada nos olhos e no rosto. Só pode ser uma píada de muito mau gosto, quase a fazer lembrar o retrato de Dorian Gray em que a imagem vai envelhecendo enquanto ele permanece para sempre jovem ou tal como dizes para não desfear da restante corte. Ainda assim no lugar da Princesa pediria uma segunda versão da minha imagem!

    ResponderEliminar